Racha na bancada evangélica: Malafaia e Universal em lados opostos

0
42
A votação que ocorreu na Câmara sobre a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL) dividiu a bancada evangélica.
Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil

A votação que ocorreu na Câmara sobre a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL) dividiu a bancada evangélica. Assim, se um lado ficou Silas Malafaia e alguns parlamentares da Assembleia de Deus que são “pró-Silveira” e do outro congressistas da Universal do Reino de Deus.

Durante a sessão que definiria os rumos de Daniel Silveira, os aliados de Malafaia compartilhavam  por meio do WhatsApp os prints do voto “não”. Em reação as suas mensagens, passaram a receber prints de “sim” dos deputados da Universal e de outras igrejas.

Como represália, Malafaia prometeu publicar uma lista com todos os deputados que foram contra Silveira, como centrais sindicais costumam fazer em votações que são prejudiciais a classe trabalhadora.

Sites relacionados ao grupo do pastor revelaram os nomes de 56 deputados que votaram “sim” e dos outros 27 que tomaram a direção oposta.

Malafai chegou a atacar, por meio de seu Twitter, o deputado André Ferreira (PSC-PE), da Assembleia de Deus.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Obrigado por sua leitura. Conheça também a Kotter editorial e a KotterTV. Apoie nossa luta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui