Perto de chegar aos 18 mil infectados, Cabo-Verde registra 68 novos casos

0
102

De acordo com as autoridades sanitárias de Cabo-Verde, de domingo para ontem, 5, foram registrados 68 nos casos de infectados pelo novo coronavírus. 28 desses casos fora registrados em São Vicente e 14 na Praia. Com esses números, Cabo-Verde chega próximo dos 18 mil contaminados pela doença, sendo 17.939 casos acumulados desde o início da pandemia em março do ano passado. Os números foram divulgados ontem pelo Ministério da Saúde.

Segundo informações do ministério, os laboratórios especializados do arquipélago processaram 665 amostras desde domingo, com o concelho da Praia, capital do país, a confirmar mais 14 infetados (em 53 amostras) com o vírus que provoca a covid-19, contando agora com 617 casos ativos.

Por decorrência desse aumento dos casos, principalmente na Praia, o Governo cabo-verdiano irá reforçar ainda mais a fiscalização do cumprimento das medidas preventivas para a tentativa de contenção da propagação da covid-19, sendo as principais, aglomerações nas praias, festas particulares e uso de máscaras.

De ontem para hoje, foram considerados curados da doença 107 infectados, mas o país ainda contabiliza 173 mortos por complicações associadas à covid-19 e cinco por causas externas.

Até hoje, 6, o país conta o montante de 17.939 casos do novo coronavírus, desde 19 de março de 2020 (data em que foi diagnosticado o primeiro infectado no arquipélago), divididos entre os 22 municípios das nove ilhas habitadas, de acordo com informações do Ministério da Saúde.

Há o registro de 1.166 casos ativos de infeção no arquipélago, porém há 16.587 casos considerados recuperados, ou curados, e dois infectados estrangeiros que foram transferidos para os seus países de origem.

Quer ficar por dentro das principais notícias, artigos e produções literárias? Siga-nos no Telegram.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Obrigado por sua leitura. Conheça também a Kotter editorial e a KotterTV. Apoie nossa luta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui