Madeira – “Tchiloli Unlimited”, nova exposição de René Tavares, em Funchal

0
93
René Tavares, artista plástico

Desde o dia 6 de Março deste ano, a exposição “Tchiloli Unlimited | Migrações e Coisas”, do artista plástico santomense René Tavares, segue no salão nobre do Teatro Municipal Baltazar Dias,  na Ilha da Madeira.

O artista santomense já percorreu vários países com seus trabalhos, e suas obras já foram apresentadas em eventos importantes nos Estados Unidos de América (Afro Our Urban), em El Puevo Resistente na Venezuela, Theatre National le Chaillot (França), ArtVisie Gallery (Holanda), Museu da Cidade (Portugal), Venice Architecture Biennale (Itália), sem esquecer das Bienais de Arte de São Tomé e Príncipe.

Os organizadores da exposição, em nota ao Téla Nón (Diário Digital de notícias de São Tomé e Príncipe), afirmou que o evento de René Tavares, em mostra desde o dia 6 de março e que ficará em exibição até dia 16 de abril no Teatro Municipal Baltazar Diasl, é “de grande importância cultural”.

Tchiloli Unlimited  é o nome da exposição que, de acordo com a organização, faz parte do projecto Migrações e Coisas.

MIGRAÇÕES E COISAS é o tema central de uma sequência de projetos de René Tavares. O artista explora, segundo ele, elementos ainda não explorados em sua estética através da pintura, da fotografia e da escultura, buscando uma simbiose estético-visual.

Tavares explora elementos da identidade crioula, sendo a própria identidade um apanhado de resultados de trânsitos migratórios, como uma espécie de diáspora estética, que acaba por se transformar em algo novo e vivo, tal qual o é o Tchiloli, espetáculo tradicional de São Tomé já muito explorado pelo artista em suas obras.

É exatamente na mistura entre o tradicional e o moderno, entre elementos mnemônicos e a ressignificação histórica, que Tavares efetiva seu fazer artístico.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Obrigado por sua leitura. Conheça também a Kotter editorial e a KotterTV. Apoie nossa luta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui