Em referência à bolsonaristas, Rodrigo Maia afirma que não se pode tolerar intolerância

0
132
Rodrigo Maia olha para o lado em frente a microfone.
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil.

Nesta quinta (18), o ex-presidente da Câmara e deputado federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se pronunciou em suas redes sociais sobre a prisão de Daniel Silveira (PSL-RJ). A Casa deverá votar a manutenção da prisão, decidida de forma unânime pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A prisão de Silveira aconteceu após este postar em suas redes um vídeo com ataques aos ministros do STF e em defesa do AI-5.

Maia afirmou em seu Twitter que “A Câmara pode ajudar o Brasil, mais uma vez, a reforçar seu compromisso com a democracia. Não podemos permitir que grupos bolsonaristas continuem perpetuando a ideia de fechamento de instituições como o Congresso Nacional e o STF”.

“Não há outro caminho para quem faz parte desta instituição a não ser a constante luta pelo fortalecimento da nossa democracia e do Estado Democrático de Direito”, continuou o deputado.

Rodrigo Maia finalizou sua declaração pontuando que “Tolerância com intolerantes nos leva no sentido contrário e a história já nos mostrou isso. Ou agimos agora, ou corremos o risco de testemunhar aqui as cenas patéticas de uma horda de lunáticos medievais invadindo o Congresso em nome de uma causa que só existe na cabeça deles”.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Obrigado por sua leitura. Conheça também a Kotter editorial e a KotterTV. Apoie nossa luta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui