Brasil na contramão do mundo: Governo Biden vê pandemia no Brasil como ameaça global

0
167
Joe Biden com expressão irritada.
Foto: Matt Rourke.

Enquanto a maioria dos países vacina suas populações e diminuem a propagação da Covid-19, o Brasil ainda segue na contramão do mundo. O governo de Joe Biden, e cientistas dos EUA, temem os efeitos do descontrole da propagação de novas variantes do vírus em terras tupiniquins.

De acordo com Ned Price, porta-voz do Departamento de Estado americano, “Enquanto a pandemia continuar a crescer, ninguém estará a salvo”, disse ao comentar a grave situação que o Brasil enfrenta.

Conforme uma reportagem do jornal Estado de S. Paulo, Anthony Fauci, tem ressaltado que a cepa variante da Covid-19 “P.1”, que surgiu em Manaus, está associada a uma maior transmissibilidade e à preocupação de que a mutação possa interromper a imunidade induzida naturalmente ou pela vacina.

No mês passado, Fauci disse que isso preocupa os americanos, que não devem derrubar tão cedo o bloqueio de passageiros que estiveram no Brasil. Além do mais, nesta semana, ele voltou ao tema, “O Brasil está numa situação muito difícil. A melhor coisa é vacinar o maior número de pessoas o mais rápido possível”.

A imprensa estadunidense também fez um alerta sobre a grave crise sanitária que assola as terras brasileiras. O Washington Post descreveu a vacinação brasileira como um processo de “escassez e atrasos”, enquanto o The New York Times reporta uma vacinação lenta e sem sinalização de melhorar.

Enquanto isso, o governo de Jair Bolsonaro segue sem ofertar um plano nacional de imunização, batendo recordes de mortes e ocupações de leitos de UTIs.

Na semana passada, Bolsonaro disse “chega de mimimi”, ao criticar o isolamento social proposto por governadores para conter a Covid-19. Ademais, ele criticou o uso de máscaras e ainda tenta importar um spray nasal milagroso de Israel para conter o vírus. O medicamento foi testado em apenas 30 pessoas e não contém dados que corroborem sua eficácia cientificamente.

Com o governo federal mais atrapalhando do que ajudando no combate ao coronavírus, governadores decidiram neste domingo assumir a liderança e a coordenação nacional das ações. O lockdown nacional deve ser iniciado no próximo domingo.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Obrigado por sua leitura. Conheça também a Kotter editorial e a KotterTV. Apoie nossa luta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui